Justificativa Piolin

     A Cia Lúdicos escolheu falar de Piolin em reconhecimento à importância que esse artista representa para a pesquisa do grupo e principalmente a sua relevância para a cultura brasileira, configurando-se como um símbolo nacional nas artes circense e popular. Piolin, que recebeu esse apelido por ter pernas finas e compridas, manteve, por mais de 40 anos, o Circo Piolin na cidade de São Paulo. Piolin foi considerado, pelos modernistas e pelo grande público, um fenômeno, um artista genuinamente brasileiro e popular, dono de um imenso talento, representante de uma arte nacional e única, chegando a ser chamado por intelectuais estrangeiros de “Chaplin Brasileiro”.

     Dentro das inúmeras abordagens possíveis da trajetória de Piolin, a Cia identificou duas principais características que aproximam os ideais da pesquisa do grupo à figura desse palhaço: um artista popular e, sobretudo, brasileiro. Este artista de crânio liso, colarinho excêntrico e bengala em anzol, que trouxe a comédia humana e a pantomima com extraordinário talento, discutiu no picadeiro o palco democrático. Nesse sentido, a Cia insiste no aprofundamento do fazer teatral na rua e o compreende como ferramenta potente para o fortalecimento do diálogo artístico e cultural, bem como chave essencial para a difusão e fruição da arte fora dos grandes centros.

%d blogueiros gostam disto: