Justificativa Mário e as Marias

A proposta de realização do espetáculo “Mário e as Marias” surgiu do desejo de aprofundarmos as pesquisas dentro dos universos da rua, da construção de uma poética para crianças e do olhar sobre a vida e obra de artistas brasileiros.

As experiências vividas com todo o processo (pesquisa, montagem, pré-estreias, temporadas e circulação) do espetáculo “A Ciranda do Villa” foram os principais influenciadores para o surgimento desse novo espetáculo.

Nesse momento optamos por falar de Mário de Andrade, que teve como elemento relevante para criação da sua obra, a pesquisa da cultura popular brasileira, elemento também encontrado na base da obra de Heitor Villa-Lobos.

A escolha por Mário de Andrade deu-se pela magnitude de sua obra, pela sua necessidade de enraizar o brasileiro em sua própria cultura e principalmente pelo grande papel desempenhado por esse artista na história da arte do Brasil.

A pesquisa feita por esse artista, sobre a cultura popular brasileira, por meio do projeto “Missão de Pesquisas Folclóricas”, bem como toda sua obra, é de extrema importância para a manutenção e registro das tradições culturais do nosso país e por esse motivo é uma das bases do nosso trabalho. A cia LÚDICOS buscou popularizar essa pesquisa resgatando algumas músicas e danças que integram esse acervo.

Nesse espetáculo percebemos que poesia, música e dança se misturam e se reinventam, possibilitando que o público veja um pouco da trajetória de Mário de Andrade no espetáculo, mas também se veja inserido nas belezas desse povo, dessa cultura.

%d blogueiros gostam disto: